Tuesday, October 4
Shadow

John Lydon, do Sex Pistols, faz declaração sobre a morte da rainha Elizabeth II

Ontem (8 de setembro) Rainha Elizabeth II morreu em sua propriedade na Escócia, Balmoral Castle, aos 96 anos. Depois que a notícia foi divulgada, inúmeros músicos e artistas prestaram homenagem nas mídias sociais, incluindo Paul McCartney, Rolling Stones, Elton John, Ozzy Osbourne e outros. Agora, John Lydon, do Sex Pistols, fez uma declaração sobre o falecido monarca. “Descanse em paz, rainha Elizabeth II”, escreveu ele em um comunicado em seu site. “Mande-a vitoriosa.” Veja a mensagem de Lydon abaixo.

Em 2017, Lydon falou sobre a rainha Elizabeth II e os planos para sua eventual morte em uma entrevista com o Quietus. Lydon foi perguntado se ele sentia medo de como “God Save the Queen” do Sex Pistols seria usado, ao que ele respondeu que esperava que a música não fosse mal utilizada. “Trata-se de uma situação política e da exigência de obediência a uma monarquia na qual não acredito”, disse ele. “Mas isso é um ser humano e eu sentiria muita falta dela como ser humano no planeta Terra.” Em um editorial para o Reino Unido Horários no início deste ano, ele escreveu da mesma forma: “Não tenho animosidade contra ninguém da família real. Nunca fiz. É a instituição disso que me incomoda e a suposição de que devo pagar por isso. É aí que eu traço a linha.”

Elizabeth reinou como rainha por 70 anos e foi uma figura importante na cultura popular, além de sua posição como chefe da família real. Ela inspirou “God Save the Queen”, álbum de 1986 dos Smiths A rainha está morta (ambos foram altamente controversos na época), “Elizabeth My Dear” do Stone Roses e muito mais.

conteúdo do Twitter

Este conteúdo também pode ser visualizado no site que origina a partir de.

Leave a Reply